Home Esportes Blefe ou cartada? André e Jael podem ir da disputa à parceria em decisão pelo Grêmio

Blefe ou cartada? André e Jael podem ir da disputa à parceria em decisão pelo Grêmio

9 Primeira leitura
Comentários desativados em Blefe ou cartada? André e Jael podem ir da disputa à parceria em decisão pelo Grêmio
0
141

Blefe ou cartada? André e Jael podem ir da disputa à parceria em decisão pelo Grêmio

Renato dá indício de escolha por dupla de centroavantes contra o Estudiantes, pelas oitavas

Já decorriam quase 30 minutos após a chegada do Grêmio ao estádio La Bombonerita, no complexo do Boca Juniors. Renato Gaúcho irrompe da porta do vestiário e lidera a debandada de 11 jogadores do vestiário rumo ao campo. Estava ali a maior das indicações da segunda-feira sobre a escalação para o duelo com o Estudiantes, nesta terça, às 21h45, no Estádio Centenário, do Quilmes, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. O grande ponto de interrogação: André e Jael têm a chance de atuar juntos.

Jael sai de campo e brinca: "olha o outro, quer saber se vou jogar" (Foto: Eduardo Moura / GloboEsporte.com)

Jael sai de campo e brinca: “olha o outro, quer saber se vou jogar” (Foto: Eduardo Moura / GloboEsporte.com)

O papo de cerca de 20 minutos teve 11 jogadores e um adendo por alguns momentos: Grohe, Léo Moura, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira, Maicon, Cícero, Ramiro, Luan, André e Jael. Um time, portanto. Em parte da conversa, Cortez também esteve presente, mas a tendência é mesmo que fique no banco de reservas.

Renato, no último sábado, após a vitória sobre o Flamengo, confirmou a escalação de André. Ou seja: o atacante estará em campo na Argentina. Resta saber quem será o substituto de Everton.

O treinador reuniu todos os jogadores antes do seu time. Mas poderia ter feito isso no hotel, sob segredo absoluto – o mesmo sigilo usado pelos seus jogadores ao serem questionados sobre a escalação.

Jael deixava o campo rumo ao ônibus e passou pela imprensa. Logicamente, foi perguntado se estaria no time titular. Com um sorriso no rosto, brincou: “Olha o outro, quer saber se vou jogar”. E foi para o veículo com o seu chimarrão. O mistério é sempre uma forma também de tentar ludibriar o adversário.

André já foi garantido por Renato no time (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

André já foi garantido por Renato no time (Foto: Lucas Uebel / Grêmio, DVG)

– Depende do jogo, depende da circunstância (o aviso da escalação). Nesse caso você vai ter que perguntar para ele, não vou me meter nessa conversa (risos) – driblou Geromel.

– Não sei (o time). Tem que perguntar ao Renato a formação. Ele nunca dá nada – completou Kannemann.

As possíveis formações

A conversa e posterior especulação sobre a presença de Jael e André no time surpreendeu até mesmo o empresário do treinador, Gerson Oldenburg, que observava o treino do mesmo local da imprensa e exclamou que Renato jamais utilizou tal formação. O treinador já teve uma equipe sem o centroavante de referência, mas nunca com ambos ao mesmo tempo, como titulares.

André ou Jael podem fazer função de Everton, mesmo com outras caracteríticas  (Foto: Eduardo Moura)

André ou Jael podem fazer função de Everton, mesmo com outras caracteríticas (Foto: Eduardo Moura)

Como pode funcionar tal movimentação? As opções táticas são fartas. A primeira delas é a simples abertura de André ou Jael pelo lado esquerdo, para cumprir as funções de defender e acompanhar o lateral por ali. Luan também pode ser o deslocado, com Jael e André com uma alternância entre estar entre os zagueiros e recuar para participar da construção das jogadas.

– A gente se prepara sempre para todas as situações. E sabemos que independentemente se jogar em 4-3-3-, 4-4-2, 3-5-2, 4-1-4-1, tudo isso, é importante correr lá dentro de campo com muita atitude e vontade – explicou Geromel.

Renato pode mudar formato do meio e ter os dois centroavantes (Foto: Eduardo Moura)

Renato pode mudar formato do meio e ter os dois centroavantes (Foto: Eduardo Moura)

Outra alternativa para Renato é congestionar o meio-campo ao formar um tripé de marcação com Ramiro, Maicon e Cícero e posicionar Luan centralizado, como meia. André e Jael formariam a dupla de ataque. Nesta possibilidade, no entanto, a maneira do time se postar para marcar mudaria. O time desde 2015 se defende com duas linhas de quatro via de regra, com algumas trocas.

Correm por fora

Pepê, Marinho e Alisson também surgem como alternativas. No entanto, não participaram em nenhum momento da conversa na Bombonerita. Ora, se o papo era importante, por que não levar as outras opções para completar o time titular? Uma pergunta que só passível de ser respondida por Renato. Mas o trio se mantém cotado para iniciar o jogo, também.

Estudiantes x Grêmio – ida das oitavas da Libertadores

  • Local: Estadio Centenario Ciudad de Quilmes
  • Data e horário: terça-feira (7), às 21h45 (de Brasília).
  • Escalação provável do Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira (Bruno Cortez); Maicon, Cícero, Ramiro, Luan e Jael (Marinho/Pepê/Alisson); André.
  • Desfalques do Grêmio: Bressan, Michel e Everton
  • Escalação provável do Estudiantes: Andujar; Sánchez, Schunke, Campi e Erquiaga; Gómez, Zuqui e Tití; Pellegrini, Albertengo e Apaolaza.
  • Desfalques do Estudiantes: Brana

fonte: globoesporte.com

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Esportes
Comentários estão fechados.

Veja Também

Defesa do Grêmio sofre com gols cedo e tem queda de rendimento no 2º turno; confira

Equipe levou 10 gols em 10 partidas no returno, sendo quatro antes dos 15 minutos iniciais…