Home Destaque Eduardo Leite indica nomes para equipe de transição do governo no Rio Grande do Sul

Eduardo Leite indica nomes para equipe de transição do governo no Rio Grande do Sul

6 Primeira leitura
Comentários desativados em Eduardo Leite indica nomes para equipe de transição do governo no Rio Grande do Sul
0
117

O governador eleito Eduardo Leite (PSDB) indicou nesta segunda-feira (5) os nomes que irão integrar a equipe de transição do governo no Rio Grande do Sul. O coordenador-geral será o deputado estadual Lucas Redecker (PSDB), eleito em outubro deputado federalcom 114.346 votos. À frente da coordenação-técnica, estará Cláudio Gastal, presidente-executivo do Movimento Brasil Competitivo (MBC).

Além do eixo “Governança para uma agenda comum”, três eixos temáticos foram definidos no plano de governo de Leite. O eixo “Estado sustentável”, que contempla planejamento, gestão e finanças, ficará sob responsabilidade de Paulo Dias Pereira.

O eixo “Sociedade com qualidade de vida”, que inclui saúde, segurança, educação, cultura, inclusão social e esporte e lazer, será comandado por Antônio Carlos Pacheco Padilha.

Já o eixo “Desenvolvimento empreendedor”, que contempla economia e infraestrutura, estará a cargo de Artur Lemos Junior, ex-secretário de Minas e Energia.

Por parte da atual gestão de José Ivo Sartori (MDB), quem coordenará a transição será o chefe da Casa Civil, Cleber Benvegnú.

Nesta terça-feira (6), o Sartori viaja a Brasília, onde deve chegar por volta das 17h, para tratar da recuperação fiscal. Ele irá se reunir com o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha e, em seguida, com o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun.

Reunião de transição

José Ivo Sartori e Eduardo Leite fazem primeira reunião de transição do governo do RS
RBS Notícias
José Ivo Sartori e Eduardo Leite fazem primeira reunião de transição do governo do RS

José Ivo Sartori e Eduardo Leite fazem primeira reunião de transição do governo do RS

Na manhã desta segunda-feira, Leite fez a primeira reunião de transição com Sartori no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

O encontro começou por volta das 10h30 e durou pouco mais de uma hora. Eles discutiram, principalmente, assuntos ligados à crise financeira do estado, entre eles o pedido que será encaminhado à Assembleia Legisltaitiva para manutenção das atuais alíquotas de ICMS.

Sobre a redução das alíquotas daqui a dois anos, Leite disse que “é a nossa disposição, como nos comprometemos na eleição, e este período será utilizado para uma ampla revisão do sistema tributário, que nos permita fazer a redução de impostos num sistema mais inteligente”.

O tucano deve receber o estado com um déficit orçamentário de aproximadamente R$ 3 bilhões. Conforme a Secretaria Estadual da Fazenda, a dívida do estado com a União fechou 2017 em R$ 58,5 bilhões. Mesmo assim, Leite reiterou a promessa de que o governo voltará a pagar em dia os servidores até o fim de 2019.

Na semana passada, o governador José Ivo Sartori publicou decreto com objetivo de facilitar acesso a informações relativas a atividades exercidas pelos órgãos e entidades, contas públicas e resultados de programas, projetos e ações, incluindo as metas e indicadores.

“Faremos uma transição transparente, colaborativa, de alto nível técnico e político”, publicou Sartori no Twitter, antes da reunião.

Em entrevista ao programa Jornal do Almoço, da RBS TV, no dia seguinte ao segundo turno da eleição, Leite destacou que o período de transição é “importantíssimo para refinar projetos.” Ele venceu o pleito com 53,62% dos votos válidos.

fonte: G1

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Garota Piscina Thermas Machadinho um show de simpatia e beleza

2º etapa classifica mais 5 candidatas para a grande final no dia 16/02/2019. Neste último …