Home Esportes Herói, Luan desencanta com 1º gol no Brasileirão e ganha abraço: “Sempre é decisivo”

Herói, Luan desencanta com 1º gol no Brasileirão e ganha abraço: “Sempre é decisivo”

10 Primeira leitura
Comentários desativados em Herói, Luan desencanta com 1º gol no Brasileirão e ganha abraço: “Sempre é decisivo”
0
101

Herói, Luan desencanta com 1º gol no Brasileirão e ganha abraço:

Camisa 7 encerra jejum e soterra vaias com tento salvador na virada por 3 a 2 sobre o Ceará

Luan cobra a falta com precisão, vê a bola passar rente sobre a barreira e sequer tem tempo de comemorar, ao vê-la estufar as redes. O camisa 7 logo é soterrado pelo abraço dos companheiros, que convocam a torcida para uma ovação na Arena. O reconhecimento vem de imediato e não apenas pelo golaço que deu a virada ao Grêmio por 3 a 2 sobre o Ceará, neste domingo, pela 26ª rodada do Brasileirão. O gol salvador foi o primeiro do atacante pelo Nacional e o fez exorcizar a seca para transformar vaias em aplausos.

O tento anotado neste domingo faz Luan encerrar um jejum de oito jogos e um total de 841 minutos sem balançar as redes. Antes em branco no Brasileirão, o jogador não marcava desde o empate em 1 a 1 com o Flamengo, na Arena, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, em 1º de agosto. De lá para cá, o jogador viveu 53 dias de uma relação um tanto conturbada com a torcida, exponenciada neste domingo.

“O Luan sempre é decisivo. Foi ocraque da América no ano passado. E hoje decidiu o jogo para a gente mais uma vez. Temos que dar graças a Deus de ter ele no nosso grupo” (Pedro Geromel)

Luan ganha carinho dos companheiros após o gol salvador — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Luan ganha carinho dos companheiros após o gol salvador — Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O atacante iniciou sua participação com um escanteio cobrado com perfeição para Pedro Geromel marcar o primeiro gol do Tricolor. A assistência, porém, se esvaiu diante de uma sucessão de erros de passe e de tomadas de decisão. O mais emblemático deles municiou o contra-ataque do segundo tento do Vozão, anotado por Arthur. Foi o suficiente para fazer vaias eclodirem quando o atleta tocava na bola. Questionado sobre os apupos, o atleta deixou transparecer oincômodo na saída para o intervalo.

– Estou concentrado no jogo, quero saber do jogo, quero saber do Grêmio ganhar. O jogo nem terminou e vocês já vêm falar isso aí, que estou em má fase, vaias – disse o atacante no intervalo, ao ser entrevistado por Julio Cesar Santos.

Luan evita falar com repórter após marcar o gol da vitória contra o Ceara

Luan evita falar com repórter após marcar o gol da vitória contra o Ceara

Mas a reação da torcida não o fez fugir da responsabilidade. Mesmo em uma atuação abaixo, o atleta seguiu interessado no jogo e disposto a arriscar para buscar a virada no segundo tempo, com a partida em 2 a 2. E Luan, de fato, decidiu, aos 23, com a cobrança de falta salvadora. A reação da torcida foi instantânea: entoar a plenos pulmões o nome do atleta. E levou o camisa 7 a desabafar ao final do jogo.

– É isso aí! A torcida gritando meu nome e não a pergunta maldosa que você fez. Eu respondi, mas agora tenho a liberdade não responder mais a você – disse, ao mesmo repórter da pergunta no intervalo.

Luan em 2018

Competição Jogos Gols Assistências
Brasileirão 16 1 6
Libertadores 7 2 3
Copa do Brasil 3 2
Recopa 2 1
Gauchão 9 4 2

Após conceder a entrevista à beira do campo, Luan rumou direto aos vestiários, sem parar para atender à imprensa na zona mista da Arena. Mas os jogadores e o técnico Renato Portaluppi trataram de reforçar o abraço dado ao atleta no gramado ao sair em defesa do jogador.

Geromel disse que o Grêmio tem que dar “graças a Deus” por contar com Luan. Os números respaldam a fala do zagueiro. O camisa 7 é o vice-artilheiro da equipe em 2018, com 10 gols, e o líder em assistências, com 11 passes para gols – marca superior à do ano passado.

Eduardo Deconto

@_eduardodeconto

Geromel, sobre Luan: “Temos que dar graças a Deus de ter ele no nosso grupo”

Renato Portaluppi, por sua vez, admitiu que seu comandado oscilou em partidas recentes, com rendimento abaixo da média. Mas ressaltou a importância do gol neste domingo para dar moral para a sequência do ano, em um momento em que o Tricolor começa a decidir a Libertadores e vê o Brasileirão afunilar.

– Entre o torcedor e o jogador, há muita paixão. Ele cobra mais de quem decide. O Luan não tem jogado tudo o que sabe nas últimas partidas, mas nos ajuda. Hoje, mais uma vez, foi decisivo. Qualquer treinador teria o tirado, mas sei que ele decide. Foi importante o reconhecimento do torcedor. Ele tem toda a confiança. Minha, da diretoria, companheiros. Conversamos com ele, demos força. Foi muito importante o gol para a moral dele – disse o treinador.

Com a vitória neste domingo, o Grêmio chega a 47 pontos e ocupa a quinta colocação na tabela. O Tricolor volta a campo no próximo sábado, às 16h, quando enfrenta o Fluminense no Estádio Nilton Santos, pela 27ª rodada do Brasileirão.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Esportes
Comentários estão fechados.

Veja Também

Defesa do Grêmio sofre com gols cedo e tem queda de rendimento no 2º turno; confira

Equipe levou 10 gols em 10 partidas no returno, sendo quatro antes dos 15 minutos iniciais…