Segunda-Feira 25 de Setembro de 2017
WhatsApp

54 999622914

Professores e Funcionários Públicos Estaduais entram em greve em Maximiliano de Almeida - Destaque News

Cidades

11/09/2017 às 10h59 - Atualizada em 14/09/2017 às 15h53

Professores e Funcionários Públicos Estaduais entram em greve em Maximiliano de Almeida

Silmar Luiz Biscaro
Maximiliano de Almeida - RS
FONTE: Rádio Interativa/Destaque News

Professores e Funcionários Públicos Estaduais entram em greve em Maximiliano de Almeida. Fotos: Silmar Luiz

Diante da situação que o Governo do Estado do Rio Grande do Sul apresenta com a falta de pagamento do salário, os professores e funcionários estaduais de Maximiliano de Almeida organizaram um ato de protesto em repudio ao Governo Sartori. Foi realizada uma manifestação pacífica nesta segunda feira (11) às 8 horas da manhã com saída em frente às escolas, passando pela avenida principal do município.



Professores e funcionários tiveram o apoio da CDL/ACISMAX que fecharam o comércio em ato de solidariedade pelo motivo da manifestação.



Em entrevista a Rádio Interativa a Prof. Veranice Pegorini Baldissera falou sobre mobilização e greve dos professores e funcionários das escolas estaduais de Maximiliano de Almeida: “Diante de uma crise que se está vivendo no Estado do Rio Grande do Sul, e nós professores e funcionários públicos estaduais, há vinte meses recebendo nosso salário de forma parcelada e se tornando mais agravante neste mês. Recebemos uma folha de pagamento de apenas 350 reais e até o dia 7 de setembro não houve mais nenhum depósito de parcela, portanto em assembleia realizada dias 7 decidiram por esse ato de protesto e repúdio ao Governo Sartori. É um momento delicado, sabemos, mas também nós como professores e funcionários que gostaríamos muito de honrar com os nossos compromissos ao quais não estamos podendo em virtude de não termos certeza do nosso pagamento. Quem trabalhou o mês todo é de direito receber o seu salário. Por isso que nós, no dia 7 em assembleia, todos sem ninguém puxar a frente decidimos por esse momento de parar, de refletir e de que nós enquanto sociedade maximilianense sentimos que somos um grande número de pessoas vivendo esse problema”.



A Professora Veranice também falou a respeito do tempo de duração da greve: “Por enquanto a gente não tem uma decisão de retorno. O que nós planejamos é que na quarta-feira (13) de manhã voltaremos a nos reunir para avaliarmos de como está o movimento a nível de Estado do Rio Grande do Sul e a gente vai decidir se retorna as aulas ou não. Então até quarta-feira (13) está tudo suspenso”.



Ouça abaixo entrevista completa:





 



Veja abaixo os vídeo da manisfestação pacífica realizada pelos Professores e Funcionários Estaduais em Maximiliano de Almeida: 



 




ESTA MATÉRIA FOI VISTA 1956 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaque News
Editoriais
© Copyright 2017 | Destaque News | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS