Domingo 21 de Janeiro de 2018
WhatsApp

54 999622914

Confira o que vai acontecer com a poupança se a taxa básica de juros continuar caindo - Destaque News

Economia

24/09/2017 às 22h44 - Atualizada em 28/09/2017 às 11h04

Confira o que vai acontecer com a poupança se a taxa básica de juros continuar caindo

Lucas Paixão
Machadinho - RS
FONTE: O Sul

Mudanças refletem diretamente na poupança. (Foto: Marcos Santos/USP Imagens/Fotos Públicas)

O rendimento da caderneta está em 0,4690%, desde o dia 8 de setembro para crédito em outubro. E vai permanecer nesse nível até a próxima reunião do Comitê de Política Monetária, que acontece no dia 25 do mês que vem. Esse retorno, se repetido em 12 meses, corresponde a uma remuneração de 5,78% ao ano, o que representa a 70% da Selic atual, de 8,25% ao ano.



Só para lembrar, sempre que a taxa básica da economia for inferior a 8,5% ao ano, a remuneração da caderneta vai corresponder a 70% dessa taxa mais a variação da Taxa Referencial, a TR. Só que pelo atual nível dos juros, a variação da TR está muito próxima de zero, o que faz a rentabilidade da poupança permaneça em 0,4690%, podendo oscilar pouca coisa para cima. Isso poderá acontecer se houver uma ligeira variação positiva para a TR, em função do número de dias úteis da conta de um mês para o outro.



Essas reuniões do Copom ocorrem em intervalo aproximado de 45 dias e nelas é anunciada a Selic que valerá para o período seguinte. Assim, no próximo encontro, marcado para outubro, será anunciada a taxa básica que estará em vigor até o dia 6 de dezembro, sendo que o Banco Central já sinalizou que o próximo corte dos juros deverá ser mais leve. Isso permite supor que a redução da Selic será inferior a 1 ponto percentual, que foi aplicado nas últimas reuniões.



A partir dessa informação, as apostas passaram a ser de uma queda de 0,75 ponto percentual, o que levaria a Selic para 7,50% ao ano. Se isso se confirmar, a remuneração anual da caderneta será de 5,25%, o que corresponde a 0,43% ao mês ou, considerando 4 casas decimais, de 0,4273%.



Esse seria, então, o rendimento da caderneta a partir do dia 7 de dezembro deste ano.



Contas antigas



Todo dinheiro depositado em caderneta até o dia 3 de maio de 2012, nas chamadas contas antigas, terá assegurada a remuneração de 0,5% de juros mensais, ou 6,17% ao ano, mais variação da TR. O critério que determina a rentabilidade em 70% da Selic é valido para contas abertas depois dessa data. Em outras palavras, para as chamadas contas novas não existe mais a garantia de rendimento mínimo de 0,5% ao mês de juros.



A planejadora financeira Letícia Camargo lembra que as vantagens da poupança “antiga” também dependem das movimentações da Selic. “Hoje ela possui bons rendimentos, mas quando a taxa básica de juros estava em 14%, por exemplo, a pessoa que tinha esse tipo de investimento perdeu dinheiro”, explica. Segundo ela, é preciso avaliar quanto foi perdido e quais os ganhos atuais para saber se o poupador está em uma situação realmente vantajosa a partir de agora.



Por mais que a caderneta possa ser mais atrativa em muitos casos, Angela Nunes alerta que não adianta sacar o dinheiro fora do aniversário da poupança, se não perde a rentabilidade. Ou seja, se fizer uma aplicação dia 5 de abril e outra dia 15 de abril, a primeira terá rendimento no próximo dia 5 enquanto a segunda no próximo dia 15. Aplicações menores que 30 dias, também não recebem nenhum retorno. Angela pondera que a poupança é um bom instrumento para aprender a poupar, principalmente pela facilidade. “Algum esforço é melhor do que esforço nenhum”, diz.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 64 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Destaque News
Editoriais
© Copyright 2018 | Destaque News | Todos os Direitos Reservados | Hospedado por PAGE UP SOLUTIONS