Home Notícias 38% reprovam e 29% aprovam o governo Bolsonaro, diz Datafolha

38% reprovam e 29% aprovam o governo Bolsonaro, diz Datafolha

6 Primeira leitura
0
0
129
Publicidade Publicidade

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra os seguintes percentuais de avaliação do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL):

  • Ótimo/bom: 29%
  • Regular: 30%
  • Ruim/péssimo: 38%
  • Não sabe/não respondeu: 2%

A pesquisa foi realizada nos dias 29 e 30 de agosto com 2.878 pessoas com mais de 16 anos, em 175 cidades brasileiras. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro.

Em julho e em abril, quando foram realizadas as pesquisas anteriores, os índices foram:

  • Ótimo/bom: 33%, em julho; 32%, em abril
  • Regular: 31%, em julho; 33%, em abril
  • Ruim/péssimo: 33%, em julho; 30%, em abril
  • Não sabe/não respondeu: 2%, em julho; 4%, em abril

Em relação à expectativa com o futuro do governo, 45% esperam que Bolsonaro faça uma gestão ótima ou boa. Em julho, eram 51%, e em abril, 59%. Outros 32% acreditam que o presidente fará uma administração ruim ou péssima, contra 24% em julho, e 23% em abril.

O Datafolha também perguntou se Bolsonaro fez mais, menos ou o que deveria pelo país. Os resultados foram os seguintes:

  • Fez pelo país mais do que esperava: 11% (eram 12% em julho, e 13% em abril)
  • Fez pelo país o que esperava que ele fizesse: 21% (eram 22% em julho, 22% em abril)
  • Fez pelo país menos do que esperava: 62% (eram 61% em julho, e 61% em abril)

E levantou, ainda, se os entrevistados acreditam que o presidente age ou não como deveria. Veja os percentuais:

  • Age como presidente deveria: 15% (eram 22% em julho, e 27% em abril)
  • Na maioria das ocasiões age como deveria: 27% (eram 28% em julho, e 27% em abril)
  • Em algumas ocasiões age como deveria: 23% (eram 21% em julho, e 20% em abril)
  • Em nenhuma ocasião age como deveria: 32% (eram 25% em julho e 23% em abril)

Outros presidentes

O presidente Jair Bolsonaro durante reunião com executivos de empresas no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (22)  — Foto: Marcos Corrêa/PRO presidente Jair Bolsonaro durante reunião com executivos de empresas no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (22)  — Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro durante reunião com executivos de empresas no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (22) — Foto: Marcos Corrêa/PR

Aos 8 meses de mandato, os percentuais de ruim e péssimo dos últimos presidentes foram os seguintes:

  • FHC (1995): 15%
  • Lula (2003): 10%
  • Dilma (2011): 11%
  • Bolsonaro (2019): 38%

Se o 2º turno fosse hoje

O Datafolha também perguntou em quem os entrevistados votariam, se o segundo turno para presidente da República fosse hoje. O resultado foi o seguinte:

  • 42% votariam em Fernando Haddad (PT)
  • 36% votariam em Jair Bolsonaro (PSL)
  • 18% votariam em branco ou nulo
  • 4% não souberam responder

Nas eleições de 2018, Bolsonaro foi eleito com 55,13% dos votos válidos. Haddad ficou com 44,87%. Os votos nulos somaram 7,4% e os brancos, 2,1%.

Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, que publicou a pesquisa Datafolha, entre quem declarou preferência por Bolsonaro no ano passado, 74% manteriam o voto se a eleição fosse hoje. 10% migrariam para o petista e 13% disseram que votariam branco ou nulo.

Por outro lado, 88% dos eleitores de Haddad manteriam o voto, 4% deles mudariam para Bolsonaro e 6% votariam nulo ou branco.

Entre quem votou branco ou nulo na última eleição, 68% manteriam a opção, 21% deles mudariam para Haddad e 6%, para Bolsonaro.

Fonte: G1.com

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Município de Maximiliano de Almeida mobiliza ação para melhorias de trafegabilidade na RS 126

  A Prefeita Dirlei Bernardi dos Santos, Secretário de Obras e Trânsito Júnior Fernando Ca…