Home Destaque Ameaça de ataque no Campus do Vale da UFRGS é registrada em redes sociais

Ameaça de ataque no Campus do Vale da UFRGS é registrada em redes sociais

5 Primeira leitura
Comentários desativados em Ameaça de ataque no Campus do Vale da UFRGS é registrada em redes sociais
0
157

 

Começaram a circular em redes sociais, nesta quarta-feira, imagens sugerindo que um grupo de jovens pode estar planejando um suposto ataque no Campus do Vale da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs). Uma das mensagens compartilhada mostra que a intenção é “exterminar mulheres de (cursos de ciências) exatas e negros”.

Ainda em mensagens compartilhadas, um professor pede, via e-mail interno, que colegas mantenham atenção no ambiente de trabalho, especialmente a “indivíduos desconhecidos e em situações suspeitas”. O e-mail relata ainda que o reitor da Instituição, Rui Oppermann, já conversou com diretores de centros, em reunião ocorrida ontem.

O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade se manifestou no Facebook, divulgando uma nota em que pede segurança aos estudantes e lembra do ataque que ocorreu na semana passada em uma escola municipal de Suzano (SP). O Diretório salientou que está em contato com a Reitoria e com as autoridades responsáveis a fim de cobrar um reforço na segurança em todos os campi da Ufrgs.

A assessoria de comunicação da Ufrgs divulgou uma nota (confira abaixo) afirmando que outras instituições do País também receberam ameaça de atentado e que já acionou, preventivamente, o setor de segurança da Agência Brasileira de Inteligência (Abin).

Já a Polícia Federal informou à reportagem que recebeu “a notícia por parte da Ufrgs e está dando o devido tratamento à informação”.

Veja a nota da Ufrgs:

“A Universidade Federal Rio Grande do Sul, assim como algumas outras universidades brasileiras, recebeu informações de ameaça de atentado no Campus do Vale, semelhante ao ocorrido em Suzano, SP. Diante disso, a Universidade acionou, preventivamente, o setor de segurança da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), polícias Federal e Civil e o setor de inteligência da Brigada Militar e, ainda, reforçou sua segurança interna. A UFRGS tomou essas medidas a fim de proporcionar a manutenção de todas atividades no local com segurança e tranquilidade”.

Relembre
Nesta quarta, completou uma semana do ataque que resultou em dez mortos na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, em São Paulo. Homenagens foram feitas na escola para lembrar as vítimas do massacre.

Na última sexta, a Polícia Civil cumpriu dois mandados de buscas e apreensão na residência de um jovem, em Santa Rosa, suspeito de fazer apologia ao massacre ocorrido em Suzano. Foram recolhidos balaclava, diários, livros, celular, bandana de caveira, entre outros itens.

Em Santa Maria, o Colégio Militar reforçou a segurança interna após identificar um aluno que postou, na internet, mensagens alusivas ao ataque contra a Escola Raul Brasil, em Suzano. O autor das postagens e familiares dele receberam atendimento da seção psicopedagógica da escola e foram encaminhados ao Hospital Geral de Santa Maria.

FONTE: guaiba.com.br

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por admin
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Após efetuar arremessos de pacotes no Presidio de Erechim, jovem é preso pela BM

Durante a tarde desta quinta-feira, 8, por volta das 12h20, os policiais que trabalham no …