Home Geral Avó de adolescente morta em Catuípe relata à polícia que menina tinha medo de motorista suspeito do crime

Avó de adolescente morta em Catuípe relata à polícia que menina tinha medo de motorista suspeito do crime

5 Primeira leitura
Comentários desativados em Avó de adolescente morta em Catuípe relata à polícia que menina tinha medo de motorista suspeito do crime
0
332

Em depoimento à polícia, a avó de Maria Eduarda Zambom, 15 anos, encontrada morta no fim de semana em Catuípe, Noroeste do Rio Grande do Sul, contou que a menina havia relatado ter medo do motorista que a levava para a escola. O homem é suspeito do assassinato, teve a prisão temporária decretada pela Justiça e está internado sob custódia, com ferimentos no peito e pescoço.

Em boletim assinado pelo delegado do caso, Gustavo Arais, a polícia informa que há uma semana a jovem disse à avó que o homem a olhava com “olhos diferentes” e não abria a porta traseira da kombi escolar, para que ela sentasse no banco do carona.

A jovem disse ter medo que ele a “matasse e enterrasse perto das laranjeiras”, ao que a avó disse que não se preocupasse, porque o homem era conhecido e não iria lhe fazer mal.

Mesmo assim, a adolescente pediu a avó que intercedesse para pedir que o motorista fosse trocado pelo irmão dele, que também presta o serviço. Ela contou os fatos à mãe da garota, que disse que na próxima quarta-feira (3), Maria Eduarda teria consulta ao dentista, e a família então aproveitaria para ir até a Secretaria de Educação, para pedir a troca do motorista.

A menina morava com os familiares no interior de Catuípe.

Por fim, a avó também lembrou durante o depoimento que a adolescente contou que, no ano passado, o motorista havia tentado passar a mão em seus cabelos.

Conforme o delegado Arais, nenhuma dessas informações foi repassada à polícia anteriormente. A avó disse à polícia que a família jamais imaginaria que isso pudesse acontecer.

Transporte escolar

Maria Eduarda foi considerada desaparecida após não retornar para casa da escola, na sexta-feira (29). Ela havia sido levada pelo motorista, que a buscou em seu carro particular, e não na kombi que costumava usar. Segundo a polícia, ele já havia feito isso anteriormente.

O irmão do suspeito, que também trabalha como motorista, foi quem transportou os outros alunos neste dia, conforme a polícia, enquanto o homem levava Maria Eduarda.

Ele deu entrada no Hospital de Caridade de Ijuí na sexta-feira, com ferimentos no pescoço e no peito. Passou por cirurgia e segue internado, sem previsão de alta. A polícia já obteve a prisão temporária contra ele, e aguarda a alta hospitalar para tomar depoimento e encaminhá-lo ao presídio.

A polícia também aguarda os resultados de perícias em peças de roupas da vítima, do suspeito, e também no celular de Maria Eduarda.

O homem é investigado por homicídio e ocultação de cadáver, e a polícia avalia ainda a possibilidade de ter ocorrido estupro.

O post Avó de adolescente morta em Catuípe relata à polícia que menina tinha medo de motorista suspeito do crime apareceu primeiro em RS Agora.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Silmar Luiz Biscaro
Carregar mais por Geral
Comentários estão fechados.

Veja Também

Machadinhenses a partir de 60 anos já receberam pelo menos a 1ª dose da Vacina contra a covid-19

A Secretaria de Saúde de Machadinho, já aplicou a vacina contra a Covid-19, 1ª dose,  em  …