Home Destaque Detran-RS orienta que motoristas aguardem novo valor do seguro DPVAT antes de fazer pagamento

Detran-RS orienta que motoristas aguardem novo valor do seguro DPVAT antes de fazer pagamento

4 Primeira leitura
0
0
187

O Detran-RS informou, na manhã desta quinta-feira (9), que recomenda aos motoristas do Rio Grande do Sul que aguardem a mudança nos valores antes de fazer o pagamento do seguro Seguro de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT).

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), reconsiderou nesta quinta sua própria decisão e autorizou a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que prevê a redução dos valores do seguro DPVAT em 2020.

De acordo com o Detran-RS, a expectativa é de que os novos valores estejam disponíveis, para pagamento nos bancos, a partir da próxima segunda-feira (13).

Ao G1, a Seguradora Líder, responsável pela administração do DPVAT, informou que até esta sexta (10) será divulgado o procedimento para a restituição da diferença aos proprietários de veículos que efetuaram o pagamento nos valores de 2019. Quem pagou valor a mais será ressarcido.

Quanto aos novos valores, a seguradora comunicou que, nesta quinta, o site da empresa estará atualizado com os valores definidos para 2020.

O Seguro Obrigatório (DPVAT) é um dos itens que compõe o licenciamento de veículos, junto com IPVA, taxa de expedição do documento e multas vencidas (quando houver). Para realizar os pagamentos no estado, não há guia ou boleto, basta informar a placa e o Renavam do veículo na rede bancária conveniada.

De acordo com o Detran-RS, os interessados em antecipar o IPVA, em razão dos descontos oferecidos, podem efetuar normalmente o pagamento do imposto e da taxa do documento. A emissão do certificado de licenciamento (CRLV), no entanto, ficará pendente, aguardando a quitação do DPVAT.

O seguro DPVAT , instituído por lei desde 1974, cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares causadas por lesões de menor gravidade em acidentes de trânsito em todo o país.

O recolhimento do seguro é anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos.

Veja os valores:

  • Automóvel, táxi e carro de aluguel: R$ 5,23 – redução de 68%; era R$ 16,21 em 2019;
  • Ciclomotores: R$ 5,67 – redução de 71%; era R$ 19,65 em 2019;
  • Caminhões: R$ 5,78 – redução de 65,4%; era de R$ 16,77 em 2019;
  • Ônibus e micro-ônibus (sem frete): R$ 8,11 – redução de 67,3%; era de R$ 25,08 em 2019;
  • Ônibus e micro-ônibus (com frete): R$ 10,57 – redução de 72,1%; era de R$ 37,90 em 2019
  • Motos: R$ 12,30 – redução foi de 86%; era de R$ 84,58 em 2019.

Fonte: g1.globo.com/RS

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por João Guilherme dos Santos
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Sistema “entrará em colapso” no final de abril, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou nesta sexta-feira (20) que o sistema …