Home Geral Em Israel, Bolsonaro publica foto com arma e critica leis de desarmamento

Em Israel, Bolsonaro publica foto com arma e critica leis de desarmamento

5 Primeira leitura
Comentários desativados em Em Israel, Bolsonaro publica foto com arma e critica leis de desarmamento
0
114

Em viagem oficial a Israel, o presidente Jair Bolsonaro publicou nesta segunda-feira (1º) em uma rede social uma fotografia na qual está empunhando um fuzil. No post, ele defendeu a “liberdade” de os cidadãos se armarem e criticou leis de desarmamento.

Capitão reformado do Exército, o presidente afirmou na internet que “o que torna uma arma nociva depende 100% das intenções de quem a possui”.

Foto: Instagram

Desde que era deputado federal, Bolsonaro é um crítico do Estatuto do Desarmamento, que, segundo ele, impõe regras muito rígidas para a posse de arma. Durante sua carreira parlamentar, ele defendeu reformular a legislação a fim de facilitar o uso de armas pelos cidadãos.

“Defendo a liberdade, com critérios, para cidadãos que querem se proteger e proteger suas famílias. Leis de desarmamento só funcionam contra aqueles que respeitam as leis; quem quer cometer crimes já não se preocupa com isso”, escreveu Bolsonaro na rede social.

A roupa que o presidente está usando na fotografia em que está empunhando o armamento, terno azul escuro, camisa branca e gravata azul, é a mesma que ele vestiu nas agendas públicas desta segunda-feira em Jerusalém. Bolsonaro desembarcou neste domingo em Israel para uma visita de quatro dias ao país do Oriente Médio.

Nesta segunda-feira, o presidente condecorou militares israelenses que atuaram na operação de resgate das vítimas da tragédia de Brumadinho e visitou, na companhia do premiê israelense Benjamin Netanyahu o Muro das Lamentações, local sagrado para os judeus que é um ponto de peregrinação em Jerusalém.

Bolsonaro posou para foto ao lado de Netanyahu no Muro das Lamentações — Foto: Menahem Kahana/Pool via REUTERS

Posse de armas

Em janeiro, 15 dias após tomar posse na Presidência da República, Jair Bolsonaro assinou um decreto que flexibilizou a posse de armas de fogo. A medida era uma das promessas de campanha do presidente.

O direito à posse é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho (desde que o dono da arma seja o responsável legal pelo estabelecimento). Para andar com a arma na rua, é preciso ter direito ao porte, cujas regras são mais rigorosas e não foram tratadas no decreto.

O texto do decreto permite aos cidadãos residentes em área urbana ou rural manter arma de fogo em casa, desde que cumpridos os requisitos de “efetiva necessidade”, a serem examinados pela Polícia Federal.

Em dezembro, antes de assumir o comando do Palácio do Planalto, Bolsonaro escreveu em uma rede social que pretendia garantir por meio de decreto a posse de armas de fogo a cidadãos sem antecedentes criminais.

O post Em Israel, Bolsonaro publica foto com arma e critica leis de desarmamento apareceu primeiro em RS Agora.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Silmar Luiz Biscaro
Carregar mais por Geral
Comentários estão fechados.

Veja Também

Faculdade FAVENI chega a região oportunizando cursos superiores e pós graduação com preços acessíveis

Conheça a Faculdade FAVENI. A FAVENI está localizada na cidade de Venda Nova do Imigrante,…