Home Destaque 2 Em oscilação, Libertad aposta em Cardozo para apagar turbulência e dar paz a treinador

Em oscilação, Libertad aposta em Cardozo para apagar turbulência e dar paz a treinador

4 Primeira leitura
Comentários desativados em Em oscilação, Libertad aposta em Cardozo para apagar turbulência e dar paz a treinador
0
37
Publicidade

Libertad fecha o grupo do Grêmio na Libertadores — Foto: Twitter/Libertad

Time paraguaio, apesar da classificação sobre o Nacional, de Medellín, sofre contestações pelo desempenho no torneio local

Presença frequente nos últimos anos da Libertadores, o Libertad não passa por um período tranquilo. O time está em antepenúltimo no Campeonato Paraguaio, o técnico Leonel Álvarez enfrenta contestações e tem o futuro indefinido.

Para reverter este quadro, aposta na segurança de Martín Silva, ex-goleiro do Vasco, e no faro apurado de Óscar “Tacuara” Cardozo, histórico jogador do país e que disputou a Copa de 2010 na África do Sul.

Ex-jogador do Grêmio, Cristian Riveros é uma das alternativas da equipe para mudar a partida. O jogador de 36 anos, além da rodagem, contribui tanto na parte defensiva quanto aparece ao ataque. O reencontro com o Tricolor ocorrerá na segunda rodada, no dia 12 de março.

Retrospecto recente

O Libertad chegou ao grupo do Grêmio após eliminar o The Strongest (empate em 1 a 1 na Bolívia e goleada por 5 a 1 no Paraguai) e Nacional, de Medellín, na decisão por pênaltis. Porém, no campeonato local, o time passa por um período turbulento. Só venceu duas partidas em seis rodadas e está em 10º entre 12 equipes, com sete pontos.

Destaque

Óscar “Tacuara” Cardozo é o principal nome da equipe. O experiente centroavante de 35 anos, com passagens por Newell’s Old Boys, Benfica, Trabzonspor e Olympiacos, além de seleção paraguaia, com seu estilo prende a atenção dos marcadores adversários e abre espaço aos companheiros. É a principal esperança de gols da equipe. Já marcou dois na Libertadores.

Onde joga

O Libertad atua no Nicolás Leoz, que tem capacidade de 10,5 mil pessoas.

Time-base

Martín Silva; Iván Piris, Paulo da Silva, José Canale e Ayrton Cougo; Sergio Aquino, Blas Cáceres, Antonio Bareiro e Rodrigo Rivero; Adrián Martínez e Óscar Cardozo

Curiosidades

  • O Libertad é o clube do coração de Nicolás Leoz, ex-presidente da Conmebol. Até por isso, o estádio leva seu nome.
  • A primeira partida da história do Libertad, um empate em 1 a 1 com o Olimpia, teve as camisas confeccionadas pelas mães dos jogadores.

Participações na Libertadores

18

Títulos

20 Campeonatos Paraguaios

Opinião do especialista

Gerardo Noguera, da Radio AM 1080

“O Libertad é um time que nem sempre se atira ao ataque, mas que joga de acordo com o que apresenta o rival. Libertad colocará todo o potencial porque o crédito do técnico está no fim, já que não consegue bons resultados no torneio local.”

fonte: globoesporte.com
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Destaque 2
Comentários estão fechados.

Veja Também

Evento em alusão ao mês das crianças é realizado pelo CRAS de Machadinho

Na data de 22 de outubro, o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, promoveu um…