Home Notícias Encontro dos chefes dos três Poderes é cancelado após internação de Jair Bolsonaro

Encontro dos chefes dos três Poderes é cancelado após internação de Jair Bolsonaro

2 Primeira leitura
Comentários desativados em Encontro dos chefes dos três Poderes é cancelado após internação de Jair Bolsonaro
0
18

Com a internação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a reunião dos Três Poderes, que ocorreria nesta quarta-feira (14), em Brasília, teve de ser cancelada. De acordo com nota do Governo Federal, o encontro será oportunamente reagendado.

A reunião havia sido marcada após conversa do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, com Bolsonaro no início desta semana. Na ocasião, o chefe do Judiciário declarou que o novo encontro serviria “para fixação de balizas sólidas e pela estabilidade”.

Fux sinalizou ainda que o presidente pediu perdão pelas suas falas da semana passada, que causaram tensão entre os Poderes ao dizer que não haveria eleições em 2022 se não fosse aprovado o voto impresso. Além dos dois, estaria presente como representante do Legislativo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

O presidente Jair Bolsonaro passou mal e foi levado, na madrugada desta quarta-feira (14), ao Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília. Ele está internado para fazer exames. Segundo pessoas próximas a ele e fontes do Palácio do Planalto, Bolsonaro “está bem”. Ainda não há confirmação oficial dos motivos que o levaram à unidade de saúde.

Autor: RÁDIO GUAÍBA

FIQUE POR DENTRO! PARTICIPE DO GRUPO DA DESTAQUENEWS NO WHATS APP

QUER CONVERSAR SOBRE FUTEBOL, OPINAR, DISCUTIR E ZOAR SOBRE A DUPLA GRENAL PARTICIPE DO GRUPO INTERATIVA GRENAL NO WHATS APP

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por DestaqueNews
Carregar mais por Notícias
Comentários estão fechados.

Veja Também

Estado antecipa calendário de imunização contra Covid-19 e prevê vacinar toda a população a partir de 18 anos ainda em agosto

Correção: a idade da meta de vacinação foi corrigida às 20h. O governo do Estado revisou a…