Home Esportes Grêmio corre atrás do Flamengo no segundo tempo, leva gol no fim e sai na bronca

Grêmio corre atrás do Flamengo no segundo tempo, leva gol no fim e sai na bronca

8 Primeira leitura
Comentários desativados em Grêmio corre atrás do Flamengo no segundo tempo, leva gol no fim e sai na bronca
0
420
Publicidade

Geromel e Kannemann tiveram boa atuação, mas não evitaram gol no fim (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital )

Renato cobra elenco no vestiário e Maicon dá pancada em porta ao deixar empate em 1 a 1 pelas quartas de final da Copa do Brasil

Aos trancos e barrancos, sem jogar bem, o Grêmio seguraria a vitória sobre o Flamengo na noite de quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O gol no último lance, de Lincoln, joia da base rubro-negra, deixou o placar em 1 a 1 e um gosto de derrota para os gremistas. O segundo tempo gerou irritação, uma bronca homérica de Renato no vestiário e Maicon fora de si na entrada do vestiário. Tudo porque o clube gaúcho foi tirado de sua zona de conforto.

Ao deixar o gramado da Arena, o capitão tricolor passou direto pela zona mista em direção ao vestiário. Cara de poucos amigos, gritou palavrões e desferiu uma pancada em uma das portas de metal do estádio gremista. O barulho ecoou e deu a ideia do tamanho da irritação com o empate. Depois, foi a vez de Renato. Aos gritos, cobrou o elenco e perguntou se “era tão difícil assim” proteger e manter a bola no ataque, em áudio captado pela Rádio Grenal.

– É mais com a maneira como aconteceu o empate no último segundo. Chocante seria uma palavra exagerada, mas é o que me ocorre no momento. Estamos com a partida ganha. No último segundo acontece uma desatenção, seja o que for. Isso tudo nos deixa muito chateados. Mas amanhã (quinta) já está todo mundo tranquilo e trabalhando – explicou o vice de futebol Duda Kroeff.

Renato entrou no vestiário do Grêmio cabisbaixo (Foto: Eduardo Moura)

Renato entrou no vestiário do Grêmio cabisbaixo (Foto: Eduardo Moura)

O discurso de Maurício Barbieri, técnico do Flamengo, antes da partida era justamente de tentar tirar a bola do Grêmio. No primeiro tempo, porém, não funcionou. A equipe de Renato Gaúcho trocou passes, foi fiel ao seu estilo e marcou o adversário no campo ofensivo. No retorno do intervalo, foi forçado a um jogo diferente.

O treinador gremista queria a bola e calma, mantendo a postura ofensiva. Mas nada disso foi visto. Antes mesmo do gol, o Grêmio já havia cedido oportunidades ao Flamengo e viu Grohe se desdobrar para evitar o empate.

O Tricolor não chutou no gol de Diego Alves no segundo tempo. Teve apenas 37% de posse, acertou só 225 passes e fez 18 faltas, algo incomum. Maicon e Luan foram os líderes de passes certos, com 32. Renê, do Flamengo, líder no quesito, teve o dobro: 65.

Grêmio no jogo

  • 37% de posse de bola
  • 225 passes certos
  • 18 faltas
  • Líder de passes certos: Luan e Maicon, com 32

“Faltou bastante coisa no segundo tempo. Não conseguimos marcar, não conseguimos jogar, ficar com a bola. O time deles foi superior. Acho que corremos muito atrás” (Ramiro)

– Faltou bastante coisa no segundo tempo. Não conseguimos marcar, não conseguimos jogar, ficar com a bola. O time deles foi superior. Acho que corremos muito atrás. A gente acabou não conseguindo reter a bola. Ficou nítido. Nosso time deixou a desejar. Por isso que o Flamengo conseguiu impor dificuldade – analisou Ramiro.

– A qualidade do Flamengo a gente não discute. Jogadores com nível de Seleção. O adversário corre atrás do placar, procura o melhor resultado para eles, foi o que o Flamengo fez. Com jogadores de inteligência muito grande, cresceu na partida, prensou nossa equipe lá atrás, passou a pressionar – completou Renato.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho. No sábado, as duas equipes se enfrentam novamente, mas pelo Brasileirão – o Tricolor terá reservas nesta partida. Na terça da próxima semana, o time gaúcho enfrenta o Estudiantes, pelas oitavas de final da Libertadores, na Argentina.

– A qualidade do Flamengo a gente não discute. Jogadores com nível de Seleção. O adversário corre atrás do placar, procura o melhor resultado para eles, foi o que o Flamengo fez. Com jogadores de inteligência muito grande, cresceu na partida, prensou nossa equipe lá atrás, passou a pressionar – completou Renato.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta quinta-feira, no CT Luiz Carvalho. No sábado, as duas equipes se enfrentam novamente, mas pelo Brasileirão – o Tricolor terá reservas nesta partida. Na terça da próxima semana, o time gaúcho enfrenta o Estudiantes, pelas oitavas de final da Libertadores, na Argentina.

fonte: globoesporte.com

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Esportes
Comentários estão fechados.

Veja Também

Alunos se formam no pré-escola em Machadinho

  A Secretaria Municipal de Educação e Cultura, juntamente com a Escola Municipal de …