Home Destaque II Dia de Campo Microrregional Socioassitencial foi realizado em Maximiliano de Almeida

II Dia de Campo Microrregional Socioassitencial foi realizado em Maximiliano de Almeida

4 Primeira leitura
0
0
230

Na tarde da última quarta-feira (27), na Comunidade da Linha Floresta, interior de Maximiliano de Almeida foi realizado o II Dia de Campo Microrregional Socioassitencial. O evento contou com a participação dos inscritos no programa, produtores e profissionais dos escritórios da Emater de Maximiliano de Almeida, Paim Filho e Machadinho.

O Gerente Regional de Emater/RS, Oriberto Antônio Adami, tratou como fundamental a atividade realizada. Para ele “pequenas e importantes ações, agregam renda as famílias e visam à sucessão familiar.” A proposta do evento em apresentar o exemplo da propriedade do produtor Ervino e Rudinei Cavagnholli demonstra a geração de renda, diversificação de produção e sucessão familiar. Oriberto manifestou sua satisfação em voltar a sua terra natal, acompanhar a evolução do município e o bom trabalho dos profissionais. Além disso, um dos pontos mencionados foi o evidente êxodo rural que reduziu significativamente as famílias o que para ele, emerge um trabalho constante e políticas públicas para valorização do jovem no campo.

De acordo com o chefe do Escritório da Emater de Maximiliano de Almeida, Fabio Batistella, embora o tempo tenha modificado os planos das atividades com a modificação da comunidade definida para o Dia de campo e o impedimento da visita a propriedade agendada por motivos climáticos, o momento foi gratificante. A equipe local se empenhou para que o evento fosse realizado.

Para a extensionista da Emater do município, Elenice Poletto, o tema abordado segue a proposta do plano definido neste ano de 2019 com a importância da diversificação de produção na sucessão familiar, geração de renda, alimentação saudável e saneamento ambiental. O encontro teve ênfase na alimentação saudável com abordagem em alimentos in natura, processados e ultra processado, além do consumo excessivo de açúcar. Segundo Elenice o incentivo é motivar o consumo do alimento cultivado dentro da própria propriedade aproveitando assim todos os benefícios a saúde.

Presente no evento, Prefeita Dirlei Bernardi dos Santos, destacou o apoio da administração juntamente com os demais parceiros para promover este momento de conhecimento e incentivo dos jovens no campo. Para Dirlei, a agricultura tem se tornado uma empresa familiar, que necessita ser fortalecida e apoiada.

Veja Fotos:

Fonte: Prefeitura de Maximiliano de Almeida

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Homem deixa carro estacionado, volta das compras e não encontra mais o veículo.

O fato ocorreu em Machadinho. O dono do carro registrou uma ocorrência na Delegacia de Pol…