Home Esportes Inter abusa da bola aérea e lidera quesito no Brasileirão: “Não podemos abrir mão”

Inter abusa da bola aérea e lidera quesito no Brasileirão: “Não podemos abrir mão”

7 Primeira leitura
Comentários desativados em Inter abusa da bola aérea e lidera quesito no Brasileirão: “Não podemos abrir mão”
0
278
Publicidade Publicidade

Odair Hellmann vê nas jogadas pelo alto e nos cruzamentos opção para furar bloqueios

Desde o primeiro treinamento do ano, ainda em janeiro, Odair Hellmann trata de implementar seus conceitos de futebol para fazer do Inter uma equipe que progrida em campo pelo chão e que prime pelas infiltrações para criar perigo aos adversários. Mas, passados 270 minutos das três rodadas iniciais do Brasileirão, o Colorado se notabiliza justamente pelas investidas pelo alto. Prova disso é que a equipe lidera o Nacional em jogadas de bola aérea até aqui.

Em três partidas, o Inter ergueu 66 bolas para as áreas adversárias, com média de 22 por partida. Três equipes dividem a segunda colocação no ranking, de acordo com levantamento do GloboEsporte.com, com 53: Bahia, Botafogo e Vitória (confira os números abaixo).

Inter leva bola aérea como arma no Brasileirão (Foto: Ricardo Duarte / Divulgação Inter)Inter leva bola aérea como arma no Brasileirão (Foto: Ricardo Duarte / Divulgação Inter)

Inter leva bola aérea como arma no Brasileirão (Foto: Ricardo Duarte / Divulgação Inter)

Entre os atletas, D’Alessandro é a figura mais ativa da equipe para este tipo de jogada. O argentino já ergueu a bola na área 25 vezes nas três partidas em que esteve em campo. O gringo sozinho tem mais cruzamentos do que o Ceará, lanterna no quesito com 24 bolas levantadas.

A estatística é impulsionada pelo empate em 0 a 0 do último domingo, contra o Cruzeiro, no Beira-Rio, em que a equipe pressionou o adversário durante toda a segunda etapa e optou pela jogada aérea em 38 oportunidades – mais do que nove equipes do Brasileiro nos três jogos.

Antes, foram 16 tentativas na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras e 12 diante do Bahia, na vitória por 2 a 0, na estreia. Na ocasião, aliás, o primeiro dos gols de Nico López veio de cruzamento de Patrick. Depois, o gringo marcou em uma jogada construída com infiltração e assistência de Edenílson.

D'Alessandro é quem mais cruza na área adversária (Foto: Ricardo Duarte/Inter)D'Alessandro é quem mais cruza na área adversária (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

D’Alessandro é quem mais cruza na área adversária (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

> Equipes que mais usam a bola aérea no Brasileirão

  1. Inter: 66
  2. Bahia, Botafogo e Vitória: 53
  3. Cruzeiro: 52
  4. América-MG e São Paulo: 51
  5. Paraná: 46

O número, porém, não causa preocupação a Odair Hellmann, como o próprio deixou claro na entrevista coletiva após o 0 a 0 com a Raposa. Pelo contrário. O treinador chegou a valorizar a iniciativa de explorar a presença de Leandro Damião entre os zagueiros. Mas com ressalvas. Em sua fala, o técnico mantém a predileção por progredir em campo com triangulações e bola no chão para abrir espaços e infiltrar para finalizar dentro da área.

Ainda assim, os cruzamentos servem de arma importante para tentar criar situações de perigo contra rivais que não dão espaços para construções por baixo. Isso, desde que a equipe evite o “cruzar por cruzar” e tente bolas direcionadas ao centroavante.

Confira o gol de Nico López após cruzamento contra o Bahia

Confira o gol de Nico López após cruzamento contra o Bahia

– Também é uma arma importante. Não podemos abrir mão. Mas não trabalhamos para cruzar por cruzar. Foram situações de buscando uma definição trabalhada, com o Damião puxando, um centroavante agressivo. Não vi que cruzamos por cruzarmos. Não pode o balão para a área para ver o que acontece. Não acredito nisso. Ou recua e trabalha de novo ou tenta fazer um passe para quem está lá dentro disputar e ter chance de fazer o gol – afirma Odair

 “Também é uma arma importante. Não podemos abrir mão. Mas não trabalhamos para cruzar por cruzar” (Odair)

Com a semana livre, o Inter volta a treinar na manhã desta quarta-feira no CT do Parque Gigante. O Colorado encara o Flamengo no próximo domingo, às 16h, no Maracanã, pela 4ª rodada do Brasileirão. A equipe de Odair é 10ª colocada no Nacional, com quatro pontos, ao passo que o Rubro Negro é o líder, com sete.

fonte: globoesporte.com

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Esportes
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Maximiliano de Almeida retorna de Brasília com grandes parcerias firmadas para investimentos no município

                  Na primeira semana do mês de setembro a Prefeita Municipal de Maximilian…