Home Destaque 2 Inter marca um gol em quatro jogos e assume cobrança por efetividade no Brasileirão

Inter marca um gol em quatro jogos e assume cobrança por efetividade no Brasileirão

6 Primeira leitura
Comentários desativados em Inter marca um gol em quatro jogos e assume cobrança por efetividade no Brasileirão
0
138
Publicidade Publicidade

Após estrear com derrota dos reservas para a Chapecoense, o Interrecebe o Flamengo nesta quarta-feira, às 16h, no Beira-Rio, na obrigação de vencer para ter tranquilidade na arrancada no Brasileirão.

Um triunfo na partida válida pela 2ª rodada do Nacional serve para afastar de vez qualquer chance de turbulência precoce. E passa diretamente por ajustes na pontaria para ampliar o poder de fogo da equipe.

falta de efetividade na hora de empurrar a bola para as redes é o quesito mais urgente a ser afinado por Odair Hellmann no dia a dia de treinamentos. Basta olhar para os últimos quatro jogos no ano, com apenas um gol marcado. E por um zagueiro: Rodrigo Moledo, na vitória por 1 a 0 sobre o Alianza Lima, no Peru, pela Libertadores.

Os números nas partidas apontam justamente para um ajuste no aproveitamento das finalizações (confira as estatísticas abaixo). Nos quatro jogos, o Inter teve 59 conclusões e marcou um gol. Contra a Chape, por exemplo, foram 20 tentativas. Apenas sete delas tiveram a direção da meta rival.

– Criamos situações no final do campo. A efetividade da produção do contra-ataque da Chape produziu chances claras. Nosso domínio não foi efetivo. Essa foi a leitura – disse Odair no último sábado.

O treinador já havia deixado transparecer a necessidade de ajustar a pontaria na partida anterior, contra o Alianza Lima. No Peru, o Inter teve domínio do jogo e volume ofensivo, com 17 finalizações. Patrick, sozinho, tentou cinco conclusões e acertou até o travessão. Mas só Rodrigo Moledo, de cabeça, marcou após cobrança de escanteio de Rafael Sobis.

Volume ofensivo do Inter

Jogo Finalizações certas Finalizações erradas Total
Chapecoense 2 x 0 Inter 7 13 20
Alianza Lima 0 x 1 Inter 10 7 17
Grêmio 0 (3) x (2) 0 Inter 4 5 9
Inter 0 x 0 Grêmio 4 9 13

– A gente está trabalhando. Uma hora calha de a bola entrar de qualquer jeito. Tem hora que a bola não entra. Confiamos no poder ofensivo. Se Deus quiser, nessa próxima partida vamos dar uma resposta – ressalta Patrick.

Treino com foco nas finalizações

O cuidado para suplantar os problemas ofensivos ficou evidente no treino desta segunda-feira. O treinador destinou boa parte da atividade para um trabalho de ataque contra defesa, com foco na finalização das jogadas.

Em um primeiro momento, três atacantes enfrentavam três defensores, com objetivo de usar a velocidade desde o meio-campo para buscar o gol, com verticalidade e objetividade.

Guerrero no treino do Inter — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação InterGuerrero no treino do Inter — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Guerrero no treino do Inter — Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

Depois, o técnico formou quartetos no ataque e na defesa. Com mais atletas em campo, os atacantes tinham de rodar a bola e se movimentar com jogadas construídas de pé em pé para fazer o gol. Neste cenário, dois jogadores estavam sempre abertos, para dar amplitude. Os outros dois, por dentro, infiltravam para abrir espaço na defesa.

Nesta quarta-feira, o Inter terá o retorno de Paolo Guerrero contra o ex-time, Flamengo, para reencontrar o caminho do gol. Odair definirá a escalação titular no treino desta terça-feira pela manhã, com portões fechados.

Após estrear com derrota para a Chapecoense, o Inter enfrenta o Fla na quarta-feira, às 16h, no Beira-Rio, pela 2ª rodada do Brasileirão.

fonte: globoesporte.com

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Destaque 2
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Maximiliano de Almeida retorna de Brasília com grandes parcerias firmadas para investimentos no município

                  Na primeira semana do mês de setembro a Prefeita Municipal de Maximilian…