Home Geral Justiça israelense invalida por racismo candidatura de líder da extrema direita

Justiça israelense invalida por racismo candidatura de líder da extrema direita

1 Primeira leitura
Comentários desativados em Justiça israelense invalida por racismo candidatura de líder da extrema direita
0
94

Suprema Corte israelense anunciou neste domingo (17) ter invalidado a candidatura às eleições de abril de Michael Ben Ari, líder do partido de extrema direita Poder Judaico, acusado pelo procurador-geral do país de “racismo anti-árabe”.

A controversa candidatura deste político havia sido validada em março pela comissão eleitoral, mas o partido de esquerda Meretz (oposição) foi à Suprema Corte para invalidá-la.

Ben Ari tinha provocado polêmica por seus comentários sobre os árabes israelenses que, segundo a procuradoria-geral, constituíram “incitação ao racismo”.

Ben Ari tinha qualificado seus compatriotas árabes como “traidores e assassinos”.

No final de dezembro, o parlamento israelense foi dissolvido, antecipando as eleições gerais, que aconteceriam em novembro de 2019, para abril.

Michael Ben-Ari (no centro), líder do partido de extrema direita Poder Judaico, em Jerusalém. — Foto: Ronen Zvulun/Reuters

O post Justiça israelense invalida por racismo candidatura de líder da extrema direita apareceu primeiro em RS Agora.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Silmar Luiz Biscaro
Carregar mais por Geral
Comentários estão fechados.

Veja Também

Campanha de vacinação contra a gripe começa hoje; veja calendário e ouça a entrevista

Ouça a entrevista com Tânia Menon – Responsável pela sala de Vacinas da UBS de Macha…