Home Destaque  Machadinho assina Termo de Cooperação para fomentar a cadeia produtiva da erva-mate

 Machadinho assina Termo de Cooperação para fomentar a cadeia produtiva da erva-mate

6 Primeira leitura
0
0
133
Publicidade Publicidade

Por meio da assinatura de um Termo de Cooperação, os cinco polos ervateiros do Rio Grande do Sul formalizaram uma parceria que visa o fomento e desenvolvimento da cadeia produtiva da erva-mate no Estado. O ato aconteceu na última sexta-feira (06/09), durante a nona edição da Feimate, em Novo Barreiro, com a presença de representantes dos cinco polos. Essa é mais uma ação proposta pelo Programa Gaúcho para Qualidade e a Valorização da Erva-mate, trabalho liderado pela Emater/RS-Ascar e que visa fortalecer a cadeia produtiva através de uma melhor estruturação, qualidade e valorização dos produtos da erva-mate, proporcionando a viabilidade da atividade e a superação na expectativa das pessoas envolvidas no processo de produção, distribuição ou de consumo.

 

A Feimate deste ano trouxe uma programação repleta de eventos e atividades de caráter técnico. Na sexta-feira, foi realizado o Seminário da Erva-Mate, promovido pela Prefeitura de Novo Barreiro, com apoio da Emater/RS-Ascar, Conselho Municipal do Turismo e dos ervateiros locais. No Seminário, o primeiro tema que foi apresentado tratou sobre a propagação vegetativa, a clonagem de erva-mate.

 

O professor e pesquisador da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), campus de Frederico Westphalen, Nilton Montavani, foi o responsável por abordar essa temática. Os benefícios do chimarrão e dos polifenóis também foram assuntos tratados no evento, pelo professor e diretor técnico do Laboratório Cito Análises, Guilherme Ardenghi Balsan.

 

Para encerrar os assuntos técnicos, a professora e pesquisadora da Universidade Regional Integrada (URI), campus de Erechim, Alice Valduga, explanou sobre a evolução e o papel da pesquisa na cadeia produtiva da erva-mate.

 

Ao final da manhã, foi realizada a assinatura do Termo de Cooperação entre os cinco Polos Ervateiros do RS. Segundo o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar e um dos responsáveis pela área da erva-mate, Ilvandro Barreto de Melo, dentro das ações do Programa Gaúcho para Qualidade e Valorização da Erva-mate está prevista a assinatura do Termo de Cooperação entre os municípios que trabalham com a atividade da erva-mate. “São 219 municípios no Estado que trabalham com erva-mate. Destes, 30 têm a atividade como uma das principais do setor agropecuário. E são esses que, formalizados através dos Polos Ervateiros, assinaram o Termo de Cooperação para a realização de diversas ações, que envolvem questões de infraestrutura, desenvolvimento tecnológico e de pesquisa, políticas públicas para o setor ervateiro e ações direcionadas ao turismo. Esse acordo possibilitará que as iniciativas e todo o planejamento estratégico para a cadeia produtiva da erva-mate tenha uma organização e essa seja fortalecida pelo processo desenvolvido por cada município, mas com metas e objetivos claros, sempre pensando em fortalecer a cadeia produtiva da erva-mate no RS, focando principalmente na qualidade e valorização do produto mate”, explicou Ilvandro.

Já na avaliação do secretáriado de Turismo Indústria e comércio de Machadinho, este convênio além de trazer desenvolvimento para o setor agrega e muito no turismo, já que a erva mate poderá se tornar um ótimo produto turístico em sua comunidades, hoje em Machadinho turistas já visitam nossa industria de erva mate e em breve poderão aproveitar a nossa rota da erva mate, esta que está em fase final de planejamento para o município de Machadinho.

Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar

Veja as fotos:

FONTE: Prefeitura de Machadinho

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Bruno Pelizzoni dos Santos
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Prefeita de Maximiliano de Almeida retorna de Brasília com grandes parcerias firmadas para investimentos no município

                  Na primeira semana do mês de setembro a Prefeita Municipal de Maximilian…