Home Destaque Novo procurador-geral de Justiça toma posse no Ministério Público do RS

Novo procurador-geral de Justiça toma posse no Ministério Público do RS

4 Primeira leitura
Comentários desativados em Novo procurador-geral de Justiça toma posse no Ministério Público do RS
0
6

O novo procurador-geral de Justiça, Marcelo Dornelles, tomou posse nesta segunda-feira, em cerimônia realizada de forma híbrida no auditório Mondercil Paulo de Moraes, na sede do Ministério Público estadual. Mais votado da lista tríplice para o cargo, com 324 votos, Dornelles – que assume no lugar de Fabiano Dallazen – teve o nome escolhido pelo governador Eduardo Leite para ficar à frente da instituição para o biênio 2021-2023. Dornelles, que já comandou o MP no biênio 2015/17, é o primeiro ex-procurador-geral a retornar ao cargo.

Na cerimônia de posse, Dornelles agradeceu diretamente o apoio do governador, que acatou a decisão das urnas, e afirmou que ser reconduzido ao cargo democraticamente é motivo de orgulho. Ele reconheceu que as “cobranças” agora são outras, mas reiterou o compromisso de avançar em questões internas, como a desigualdade de volume de trabalho na instituição. “Queremos encontrar soluções para minimizar essas diferenças”, garantiu. Dornelles ressaltou ainda o papel do Supremo Tribunal Federal (STF) em meio aos problemas políticos, econômicos e sanitários do país. “A pandemia demonstrou o despreparo de muitos gestores”, afirmou.

Ao falar na cerimônia de transmissão do cargo, Fabiano Dallazen afirmou que o período à frente do MPRS teve grandes desafios, como as crises econômica e sanitária por conta da pandemia do novo coronavírus. Ao avaliar o período à frente da instituição, Dallazen ressaltou que deixa o cargo com a consciência do dever cumprido. “Não há dúvida que muito foi feito nesse período pelos interesses verdadeiramente públicos, pelo acesso à Justiça, pela igualdade perante a lei e pelo fim da impunidade”, assinalou.

O governador Eduardo Leite defendeu a autonomia e independência do MP, com ‘promotores sem medo de promover a justiça’. “Se ficarmos meramente cumprindo despachos frios deixaremos de construir caminhos que efetivamente atendam a população”, ressaltou. Sobre a escolha de Dornelles, Leite garantiu que a decisão ocorreu de forma tranquila. “Foi fácil tomar a decisão, respeitando a lista que foi apresentada”.

ACESSE NA FONTE
Autor: RÁDIO GUAÍBA

FIQUE POR DENTRO! PARTICIPE DO GRUPO DA DESTAQUENEWS NO WHATS APP

QUER CONVERSAR SOBRE FUTEBOL, OPINAR, DISCUTIR E ZOAR SOBRE A DUPLA GRENAL PARTICIPE DO GRUPO INTERATIVA GRENAL NO WHATS APP

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por DestaqueNews
Carregar mais por Destaque
Comentários estão fechados.

Veja Também

Ramirez não resiste à eliminação na Copa do Brasil e é demitido do Inter

Mesmo afastado por ter positivado para Covid-19, o treinador espanhol não suportou a press…